segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

um milagre no Egito



Um muçulmano egípcio matou sua esposa porque ela estava lendo a Bíblia, enterrando em seguida seu bebê nascido há poucos dias e uma filha de 8 anos de idade. As crianças foram enterradas vivas. Ele então disse à polícia que um tio havia matado as crianças. Quinze dias mais tarde, outra pessoa da família morreu. Quando foram enterrá-la, encontraram as duas crianças sob a areia, vivas!

O país ficou em choque e o homem será executado. Perguntaram à menina de 8 anos como ela havia conseguido sobreviver por tanto tempo e ela disse: “Um homem que usava roupas brilhantes e com feridas que sangravam em suas mãos vinha todos os dias para nos alimentar. Ele sempre acordava minha mãe para dar de mamar à minha irmã.”
Ela foi entrevistada no Egito numa TV nacional por uma jornalista que tinha o rosto coberto. A criança disse que “foi Jesus quem veio cuidar de nós, porque ninguém mais faz coisas como essas”.

Ficou claro que a menina não seria capaz de inventar essa história e não seria possível que as crianças sobrevivessem sem um milagre verdadeiro. Como o Egito está bem no centro da mídia e da educação do Oriente Médio, a história deve se espalhar rapidamente.

“O Senhor diz: ‘Abençoarei a pessoa que colocar Sua confiança em Mim’.” (Jeremias 17)

Um comentário:

  1. DEUS na pessoa do Sr Jesus salvou essas vidas pra mostrar o que Seu filho fez por toda humanidade.
    JESUS CRISTO ÉO SENHOR ! também no Egito

    ResponderExcluir