Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de março de 2010

A preciosidade do Espiríto Santo


Basta observarmos a vida daqueles que O têm


O Espírito Santo é uma preciosidade. Basta observarmos a vida daqueles que O têm para percebermos as obras magníficas que Ele tem feito. A grandiosidade de se ter o Espírito Santo é tamanha que para tê-la é imprescindível pagar o preço do sacrifício das nossas vontades.

O Senhor Jesus, após ser batizado nas águas, recebeu a unção do Espírito Santo. Embora fosse o Filho do Altíssimo, Ele não tinha essa unção. Portanto, ainda não realizava milagres e assim que recebeu esse selo deu início ao Seu ministério.

Aqueles que desejam fazer a Obra de Deus pregando o Evangelho precisam do selo do Espírito Santo. Do contrário, a pessoa não terá condições de enfrentar o inferno. O Espírito Santo é quem nos dá força, coragem, ânimo, sabedoria, direção, unção e poder para, se necessário for, entrarmos no inferno para arrancar as pessoas que estão nas garras do diabo.

Muitos crentes encontram-se caídos espiritualmente porque não têm esse fogo que arde dentro de nós e faz com que as trevas sejam dissipadas. Por isso, Jesus disse que não nos deixaria órfãos, mas enviaria o Consolador. O Espírito Santo é quem nos auxilia na Obra de Deus e nos sustenta nos momentos de dificuldades e fraquezas. Ele é como um fogo que age dentro de nós e faz com que o caído se levante e o fraco seja forte. Lembro-me que levei uns 2 anos para receber esse selo. Lia a Bíblia, orava, jejuava, clamava, até que um dia aconteceu. Porém, tive que pagar o preço. Posso dizer, com toda certeza, que após ser batizado, minha vida mudou completamente.

Deus abençoe a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário