Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Tribulações



Enganam-se os que consideram as tribulações como os sofrimentos físicos comuns da vida.

Tribulação não tem nada a ver com problemas familiares, desajustes sociais, doenças, enfermidades, problemas econômicos, etc.

As tribulações estão relacionadas apenas à fé cristã. Elas dizem respeito a cristãos sinceros e verdadeiros que têm enfrentado o fogo ardente das perseguições, das injustiças, deboches, críticas, injúrias e até solidão por causa da fé no Senhor Jesus.

Mulheres têm sido substituídas, assim como homens, em razão da sua fé. Muitos têm sido espancados e até mortos por causa disso.

E por que o cristão tem de passar por isso? Deus não poderia eliminar as tribulações? Sim, claro!

Mas não se pode esquecer que a fé revelada foi dada justamente para ser usada contra os males do inferno e sobrepujá-los com poder. Deus sabia o que Seus filhos iriam enfrentar! Por isso lhes deu arma eficaz.

A fé é o tesouro oculto dentro de cada cristão. Enquanto não estiver preso, o diabo vai tentar roubá-la criando situações difíceis (tribulações) para desanimar o fiel.

Por mais pesada e constante que seja Paulo afirma ser a tribulação leve e momentânea. Isso porque o resultado final dela é o eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. ( 2 Coríntios 4:17,18 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário